11 Coisas sobre mim, 11 coisas sobre você

Olá queridos leitores! Como vão?

Tem um tempo que uma leitora muito querida, a Ana Lú, do 9dades a Solta, me “tagueou” no “meme das 11 coisas”. Achei a parada meio longa, mas seria uma desfeita não responder, né? A brincadeira é meio “meu caderno de confidências”, e se não tiverem paciência para ler, volte mais tarde. Bora lá:

1. O seu quarto: é sempre organizado ou no decorrer da semana ele já está de ponta cabeça?
Sempre de ponta cabeça. O mais difícil é manter as roupas dentro do guarda-roupas.

2. O que você pensa da moda de anos atrás com a moda de agora?
Vejo nos últimos anos mudanças muito rápida nas tendências. “Aposte em estampas étnicas”, e na semana seguinte, “Encoste as estampas étnicas”. Não dá mais tempo de se apaixonar, de usar algo até furar. Não sei se uso peças em candy colors, color blocking, neon, animal print, galáxias, flores, ou troll face. As tendências costumavam perdurar décadas, até séculos. Hoje as minhas roupas de fast-fashion são programadas para se auto-destruirem em até 3 lavadas. Sinto falta de coisas “icônicas” em nossa década, dos verdadeiros “must have” da estação. Sinto falta dos relacionamentos de longa duração com uma peça de roupa.

3. A infância de hoje está muito precipitada.. Eles estão crescendo mais rápido e deixando de brincar com coisas da nossa época. Isso te aflige para o futuro, caso os pais não saiba educá-las corretamente?
Nossos pais já diziam que “no tempo deles era diferente”, e provavelmente os pais deles também diziam isso a eles. Acho que sempre vamos ter a nostálgica sensação de que no nosso tempo as coisas foram melhores do que hoje. Acho que não é melhor nem pior, só diferente, logo, não me preocupo com o comportamento das novas gerações.

4. O que você pensa sobre cabelos coloridos?
Acho que tingidos em geral só fica bonito em quem tem paciência para cuidar do cabelo, hidratar e etc. Sou chata em relação a cabelos. Mas quando era mais nova queria pintar de laranja sukita.

5. A arte não é muito respeitada como profissão… Aos poucos anda crescendo com a ajuda da moda, mas mesmo assim é difícil. Você pensa o que sobre essa questão?
Um ator, escritor, músico, etc, são tão importantes quanto um médico ou um engenheiro. Somos razão e emoção. Um não vive sem o outro. Se não houvesse arte, nós apenas existiríamos.

6. O que você mais gosta de comer?
Putzs, tudo! Amo comer. Amo comida asiática: vietnamita, indiana, tailandesa. Adoro misturas frescas, levemente apimentadas e adocicadas. Hmmm… e a comida italiana? Uma pizza verde e fedida de tanto gorgonzola hmmmmm…. E o macarrão com bacon da Ciça.. e a salada do Castelo Libanês.. ok, chega! Já estou salivando!

7. Que peça de roupa não pode faltar no seu guarda roupa?
Vestidos. Um top e um bottom na mesma peça, é pura perfeição, não?

8. Como é a capinha do seu celular? Colorida, normal, de borracha, de tecido, ou não tem capinha?
Quase não uso o celular! Hahah.. Sem capinha.

9. Para a trabalho/faculdade/escola: você vai de mochila ou só carrega uma bolsa?
Os dois. Quando levo o computador, mochila, quando é só a tranqueira do dia-a-dia, bolsa.

10. Quais seriados você assiste?
Project Runway, Gossip Girl. Faz tempo que não assisto algo novo.

11. Porque você gosta tanto de escrever?
Gosto de contar histórias, e principamente, de saber que alguém as lê.

11 Coisas Randômicas Sobre Mim

  1. Meu nome é Anita Joana. Por isso o nome do blog é Joanitas. Mas vocês já sabiam disso, né?
  2. Na quarta série usava canetas gel com glitter, e a minha combinação preferida era rosa + roxo.
  3. Fazia parte do grupo dos nerds excluídos no colégio.
  4. Assisti no Mundo de Beackman que se colocasse um ovo de molho no vinagre, ele iria “quicar” como uma bola de ping-pong. Eu e meu irmão tentamos, mas o ovo apodreceu.
  5. Sempre quis ter uma Barbie Hula-hula, e aos meus 12, meu irmão me deu uma. Nunca brinquei com ela, porque tinha medo de estragar o seu cabelo (e o cabelo era rosa + laranja + e amarelo, Ana Lú!)
  6. Eu saia para pedir doces no dia das bruxas, e jogava ovo nas casas de quem não me dava. (Me desculpem pessoal do Libra de Foz! Eu era uma pessoa retardada!)
  7. Tenho preguiça para maquiagem.
  8. Uma vez perdi R$70 na Avenida Sete de Setembro, de Curitiba. Se alguém achou, é meu!
  9. Tenho pavor a sapos.
  10. Quando prestei vestibular, tentei jornalismo, direito, moda e desenho industrial.
  11. Eu ainda não sei o que quero fazer da vida.

Perguntas para os leitores

  1. Na sua infância, qual era a profissão que você queria seguir?
  2. E hoje, o que você faz/estuda?
  3. O que é realização profissional?
  4. Uma coisa que você gostou/usou e hoje tem vergonha.
  5. Uma boa lembrança da sua infância.
  6. Uma coisa boa que aconteceu com você ontem.
  7. Para qual lugar você mais gostou de viajar?
  8. Onde gostaria de viajar nas próximas férias?
  9. Se você fosse um super-herói, qual seria e porque?
  10. Se fosse um ator, qual filme você gostaria de fazer?
  11. Se tivesse uma máquina do tempo, para qual período viajaria, em relação a moda e música da época?

E para responder, resolvi “linkar” algumas pessoas que comentaram e deixaram seus links por aqui, assim posso conhecer um pouco de vocês também. 🙂

  1. Rafaella – Mantra
  2. Isabella Lennon – Nowhere Girl
  3. Talita – From Brazil to Taiwan
  4. Anna – Creyssa Phyna
  5. Helo – Em 365 dias
  6. Julia – Um fôlego
  7. Nina – Hoje não tem grife
  8. Rejane Abreu – Contos da Bertô
  9. Amanda – Tutti-frutti Rainbow
  10. Ana Laura – Não saia sem salto
  11. Deborah – Felimpropano

E se mais alguém quiser responder, é só mandar o link do blog ou deixar as respostas nos comentários. Ficarei feliz em saber mais sobre os leitores do Joanitas. 🙂

É isso! Sem legendas agora. 🙁

Comments

comments

Related posts:

8 comentários em “11 Coisas sobre mim, 11 coisas sobre você

  1. Aaai que legall a boneca do hula hula *-*
    Se na minha idade das Barbies já tivesse conhecido minhas tintas fantasias, todas elas já teriam cabelo assim *-* haha
    Adorei suas respostas 🙂 Me diverti.
    E realmente, também acho essas coisinhas de marcar as pessoas meio grandes. Mas são legais pra descontrair um pouco e deixar a preguiça de lado huahsaushsh de vez em nunca eu faço isso no meu blog – mesmo quando em alguns posts eu já falo demais uashash.
    Beijos ^^

    Ana Lu <3

      1. auhsaushaush o ruim de ter cabelo colorido é que raramente alguém te aceitaria pra trabalho no brasil ¬¬ se fosse em londres (lá, eles contratam cara com moicano de 70 cm vermelho e cheio de tattoo) e dão valor ao comprometimento e o trabalho feito! Aí no Oriente, é a mesma coisa? Agora fiquei curiosa! haha

Deixe uma resposta